Bruno Graça

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Biografia

Nasceu em Tomar onde iniciou os seus estudos musicais.

O seu percurso académico foi fundamentalmente dentro de uma educação clássica erudita. Estudou em Lisboa, Porto e Paris tendo frequentado inúmeros cursos e masterclasses tanto em Portugal como no estrangeiro. Foi premiado em vários concursos de clarinete, música de câmara e interpretação musical tanto em Portugal como no estrangeiro. É frequentemente convidado para tocar em formações profissionais, já se tendo apresentado com a Gulbenkian, Sinfónica Portuguesa, Orquestra do porto, Filarmónica das Beiras, Orquestra do Algarve, Orquestra Utópica , Remix ensemble , entre outras. Já se apresentou como concertista com a Philarmónica de Osaka (Japão), Orquestra de Barquisimeto (Venezuela) orquestra Sinfónica Portuguesa, Orquestra Nacional do Porto entre outras. Apresenta-se regularmente em festivais ou concertos com projectos próprios por diversos países como Brasil, Costa Rica, China, Rússia, Espanha, Alemanha, Japão, França, Hungria, Itália, Bélgica, Venezuela.

Actualmente é professor na Escola de Música do Conservatório Nacional de Lisboa. Paralelamente a uma abordagem tradicional na música tem desenvolvido inúmeros projectos onde a música está interligada com várias formas de expressão artística como a pintura, teatro, dança ou poesia. Nestes projectos é essencial o desenvolvimento de processos criativos onde a electrónica e a improvisação são muito utilizados

Resumo

Vamos partir do princípio de que música é a expressão através do som. Pode ser um sentimento, uma emoção, um impulso, ou um desejo mas a música não é mais do que comunicar utilizando som. Para isto é necessário ter algo para dizer e um instrumento que lhe dê voz. Assim a aprendizagem da música passa por desenvolver concepções musicais e aprender a dominar um instrumento para poder materializar as ideias. O clarinete é um instrumento de enorme capacidade e variedade expressiva  podendo apresentar um carácter lírico ou virtuoso, tendo características sonoras muito amplas capaz de grandes contrastes. O domínio do instrumento torna-se assim um desafio para quem quer aprender música com o clarinete.

O desenvolvimento da concepção musical é um percurso de descoberta muito interessante e continuado, onde o papel da criação e da improvisação são fundamentais. A racionalização e a compreensão de estruturas musicais dada pela criação é complementada pela liberdade e por processos emocionais mais ligados à improvisação, embora por vezes os papeis estejam invertidos.


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.